Como comprar um violino

Como comprar violino

Para comprar violino, leve em consideração algumas coisas. É um instrumento musical que não é tão popular no Brasil e por isso requer comparações de preço, qualidade, madeira e tempo de uso.

10 dicas para comprar violino

1. Faixa de preço e qualidade

Violinos intermediários de boa qualidade geralmente começam em torno de 500 reais.

Mas, não sabendo qual é o teu orçamento, lhe informamos que os preços de violino variam de R$ 250,00 a mais de R$ 1.000,00, sendo necessário analisar a qualidade antes de comprar, conforme dicas que lhe daremos.

Sendo o seu primeiro violino, recomendamos comprar um violino mais barato.

2. Experimente antes de comprar

Peça aos funcionários para testar violinos na loja. Muitas lojas têm salas de testes.

Você provavelmente terá que comprar um arco de violino e um estojo de violino separadamente, pois eles (em alguns casos) não estão incluídos no preço do violino.

Veja as combinações de cores e curvas que mais lhe agradam.

3. Levar para casa com você

Verifique se a loja tem um instrumento para lhe emprestar de forma condicional (em alguns casos isso é possível), para que você, logicamente como responsável, possa testar por mais 2 ou 3 dias antes de comprar.

4. Estudante vs. Profissional

Recomendamos não comprar violino estudante na loja, a menos que a qualidade compense.

Uma boa alternativa é comprar um violino (não estudante) mais barato na Internet.

Por Quê? Vai custar menos do que um violino estudante de uma loja, e a qualidade é geralmente melhor.

Nota: O violino estudante é fabricado rapidamente por máquina, a partir de madeira de menor qualidade, e têm acabamento mais barato.

Se você estiver indo à loja especializada de violino, obter um violino profissional, os melhores são esculpidos à mão, com alta qualidade, madeira envelhecida, e são construídos por um luthier (fabricante do violino).

5. Traga um amigo violinista

Se esta é a sua primeira vez visitando uma loja de violino, seria ideal de trazer um amigo de confiança (ou professor), que é um violinista.

Se você não conhece, basta trazer um amigo com “veia musical” que tenha um bom ouvido.

Comprar um violino pode custar caro, e é sempre bom ter uma segunda opinião.

Teu amigo poderá ajudar eliminar os violinos ruis, mas tenha em mente que a compra é tua, portanto, a escolha também!

6. Teste o som próximo e distante

Como comprar violinoOutra boa razão para ter um amigo por perto é que muitos violinos podem soar alto sob seu ouvido, mas o som não se projetar bem.

Durante o teste dos violinos na loja, se o seu amigo puder tocar, você pode estar do outro lado da sala e analisar como cada violino soará a um público, não apenas para você.

7. Comprar vs. Alugar

Recomendamos comprar em vez de alugar . Se o aprendizado é sério, então provavelmente você está bastante certo de que vai continuar interessados em tocar violino num longo prazo.

Comprar um violino geralmente tem o mesmo custo que alugar por um ano.

Além disso, lojas de violino tendem a alugar instrumentos de menor qualidade do que eles oferecem para venda.

8 . Tamanho

Se você precisar de um violino de tamanho menor, alugue (não compre) um violino que é menor, pois pode sair caro para manter a compra de tamanhos maiores depois, caso seja para seu filho (que irá crescendo).

Violinos menores também tendem a ser de menor qualidade do que os instrumentos em tamanho real, que é outra boa razão para não comprar até que seu filho seja grande o suficiente para ter um violino de tamanho completo.

9. Velho vs. Novo

Novos instrumentos tendem a ser menos caros. Observe a madeira utilizada (antiga vs. recente), embora muitos instrumentos mais recentes soam tão bem como instrumentos mais antigos.

Por isso, recomendamos buscar o melhor som e preocupar-se menos com a idade do instrumento.

10. Verifique Construção e Integridade Estrutural

Esteja certo de não haver ranger nos sons quando você pressiona para baixo em qualquer lugar do violino.

É legal também olhar dentro do violino através dos furos na parte da frente.

Verifique que não há nenhuma deformação física em qualquer lugar no violino, e que tudo parece em linha reta e uniforme.

Quanto à cor e ao acabamento, você não precisa ser excessivamente preocupados com eles, especialmente se isso faz uma grande diferença no preço.

Não vá com um violino em detrimento de outro, pela aparência! O som é a coisa mais importante.

Além disso, considere levar o violino para um luthier, se você quer ter uma opinião profissional da qualidade da construção, verificar se não há nenhum dano estrutural, e saber que tipo de madeira foi usada, pois isso afeta o som demasiadamente.

Não esqueça de negociar os acessórios (verificar se já não vem juntos): queixeira, diapasão (pra afinar o violino), boquilhas e até o breu.

Sucesso ao sair para comprar violino, curta este artigo e as nossas outras dicas musicais.

O que achou do artigo?

Comente

Teu E-mail não será divulgado.