Entre nós outra vez – Sérgio Lopes
Loading advertisement...
Preload Image
Up next

Ele escolheu os cravos – Fernanda Brum

Cancel
Reprodução automática

Entre nós outra vez – Sérgio Lopes

Foi tão triste ver no Teu olhar
A dor que ali sentias
Como troca por tão grande amor
Te cravaram numa cruz

Ninguém mais poderia, além de Ti
Perdoar os meus pecados
Com autoridade garantir
Vida eterna e paz

Mas a cruz não conseguiu vencer
O Autor da minha vida
Aleluia, Cristo reviveu
Entre nós vive outra vez

Novamente eu posso adorar
Em Espírito e em Verdade
Declarar de novo meu amor
À Jesus, meu Rei, meu Salvador

Foi tão triste ver no Teu olhar
A dor que ali sentias
Como troca por tão grande amor
Te cravaram numa cruz

Ninguém mais poderia, além de Ti
Perdoar os meus pecados
Com autoridade garantir
Vida eterna e paz

Mas a cruz não conseguiu vencer
O Autor da minha vida
Aleluia, Cristo reviveu
Entre nós vive outra vez

Novamente eu posso adorar
Em Espírito e em Verdade
Declarar de novo meu amor
À Jesus, meu Rei, meu Salvador

Ele ressuscitou, vivo está outra vez
Já podemos ao Rei dos Reis
Adorar
Ele ressuscitou, vivo está outra vez
Já podemos ao Rei dos Reis
Adorar
Ele ressuscitou vivo está outra vez
Já podemos adorar ao Rei

Mas a cruz não conseguiu vencer
O Autor da minha vida
Aleluia, Cristo reviveu
Entre nós vive outra vez

Novamente eu posso adorar
Em Espírito e em Verdade
Declarar de novo meu amor
À Jesus, meu Rei, meu Salvador