Mil Cairão

Mil Cairão (Letra)

Aquele que habitará no Seu esconderijo
Em Seus braços descansará
Nenhum mal te sucederá, nem maldição te alcançará

Diz o Senhor, diz o Senhor, diz o Senhor
Levanto os meus olhos, eu sei de onde vem o meu socorro
Vem do Senhor, vem do Senhor, vem do Senhor

Mil cairão ao meu lado, dez mil cairão à minha direita
Mas eu não nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido

Mil cairão ao meu lado, dez mil cairão à minha direita
Mas eu não nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido

Aquele que habita no Seu esconderijo
Em Seus braços descansará
Nenhum mal te sucederá, nem maldição te alcançará

Diz o Senhor, diz o Senhor, diz o Senhor
Levanto os meus olhos, eu sei de onde vem o meu socorro
Vem do Senhor, vem do Senhor, vem do Senhor

Mil cairão ao meu lado, dez mil cairão à minha direita
Mas eu não nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido

Mil cairão ao meu lado, dez mil cairão à minha direita
Mas eu não nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido, não!
Nunca serei atingido

Louvor: Mil Cairão
Cantor: Fernandinho
Álbum:
Ano de Lançamento:
Clipe do Youtube

Envie nos grupos