Pela Manhã (Espontâneo)

Pela Manhã (Espontâneo) (Letra)

Pela manhã tu tens minha força
Pela manhã tu tens minha voz
Pela manhã tu tens meu coração em chamas

Pela manhã tu tens minha força
Pela manhã tu tens minha voz
Pela manhã tu tens meu coração em chamas

E não há outro que mereça
E não há outro

Amado da minh’alma
Amado da minh’alma

Não há outro que me satisfaça
E não há outro que mereça
E não há outro

Amado da minh’alma
Amado da minh’alma

Pela manhã tu tens minha força
Pela manhã tu tens minha voz
Pela manhã tu tens meu coração em chamas

Pela manhã tu tens minha força
Pela manhã tu tens minha voz
Pela manhã tu tens meu coração em chamas

Essa é minha recompensa
E esse é o meu galardão
Ter você dentro de mim pra sempre

Essa é minha recompensa
E esse é o meu galardão
Ter você dentro de mim pra sempre

E não há outro que mereça
E não há outro

Amado da minh’alma
Amado da minh’alma

Tem o meu respirar
Tem minha vida
Tem minha vida

Pela manhã tu tens minha força
Pela manhã tu tens minha voz
Pela manhã tu tens meu coração em chamas outra vez

Eu ainda tenho fome
Eu ainda tenho lagrimas
Eu ainda tenho fome
Eu ainda tenho lagrimas
Eu ainda tenho fome
Eu ainda tenho lagrimas

O amor de muitos se esfriará
Mas não todos
Não todos
Não todos

O amor de muitos se esfriará
Mas não todos
Não todos
Não todos

O amor de muitos se esfriará
Mas não todos
Não todos
Não todos

O amor de muitos se esfriará
Mas não todos
Não todos
Não todos

Louvor: Pela Manhã (Espontâneo)
Cantor: Alessandro Vilas Boas
Álbum:
Ano de Lançamento:
Clipe do Youtube

Envie nos grupos