Ozeias de Paula, Cem Ovelhas e outras 11 mais ouvidas

Ozeias de Paula

Ozeias de Paula é um cantor e compositor evangélico, que nasceu em 23 de Abril de 1951, filho do pastor Antônio de Paula e irmão mais novo da dupla Otoniel e Oziel.

Ozeias de Paula começou a cantar profissionalmente em 1969, quando seus irmãos Otoniel e Oziel o convidaram para participar do cd intitulado “Oásis do amor”.

Depois desta participação, Ozeias de Paula começou a cantar em diversos eventos evangélicos em igrejas e congressos, até que em 1971 gravou seu LP intitulado “Gozo da Salvação”.

Em 1973 foi convidado pelo proprietário da gravadora “Estrela da Manhã”, Matheus Iensen, a gravar com ele, o que resultou num de seus álbuns mais conhecidos: “Cem Ovelhas“.

Antes de lançar “Cem Ovelhas”, Ozeias de Paula precisou de 9 meses para se recuperar do grave acidente que sofreu numa viagem de Curitiba para o Rio de Janeiro.

Dentre os ferimentos, Ozeias de Paula teve as pernas quebradas e o crânio fraturado.

Após ter passado o período de recuperação no hospital e em casa, Ozeias de Paula viu seu disco “Cem Ovelhas” ser lançado e atingir níveis altos de venda.

Várias composições de Ozeias são muito conhecidas e cantadas em várias igrejas brasileiras até os dias de hoje.

“Cem Ovelhas” é, sem dúvidas, uma das mais conhecidas canções cantadas por Ozeias, que traz lembrança da Parábola bíblica da Ovelha Perdida, contada por Jesus.

Conheça a história de Cem Ovelhas

Outras tantas canções também possuem letras e melodias marcantes, o que tornam Ozeias uma das fortes referências musicais para os evangélicos.

Podemos citar “O Rei está voltando”, “A melhor coisa que eu já fiz”, “Oh! Foi por mim”, “Canção do Nauta”, “Eu te Amo”, “O Amor é Tudo”, “Mais que vencedor”, “Tens”, “Entrei no Templo”, “Hoje sou Feliz” e “Súplica”.

Ozeias de Paula – Cem Ovelhas e outras 11 mais conhecidas

Ouça abaixo a Playlist com louvores antigos muito conhecidos.

Relacionados:

O que achou do artigo?

Comente

Teu E-mail não será divulgado.