Como escolher um bom repertório de louvores

Como escolher um repertório de louvor

Montar repertório de louvores é um grande desafio para os líderes e grupos. Escolher os hinos para tocar e cantar nas ocasiões certas faz parte da atribuição.

Mas é muito importante levar alguns detalhes em consideração para obter êxito e conseguir atingir o alvo, que é essencialmente espiritual.

Escolher bom repertório de louvores requer

1. Conhecimento bíblico

Para analisar a teologia contida nos louvores. É preciso verificar a letra, frase a frase, para confirmar a concordância com a Bíblia. Os louvores não devem, jamais, contrariar a Bíblia!

2. Percepção do momento que a congregação está vivendo

Ao identificar a fase, é possível utilizar o louvor como uma arma certa para vencer a adversidade, ele entra como um remédio certo para a respectiva necessidade.

3. Respeito aos recursos humanos e materiais

Conhecendo a Bíblia e a equipe de louvor, temos informações suficientes para fazer as escolhas certas, porém, precisamos respeitar as carências técnicas da equipe, a fim de ir evoluindo gradativamente, não pulando etapas, começando com louvores de mais fácil assimilação.

Além disso, os recursos materiais, cópias, cifras, partituras, áudio, cd, entre outros, devem estar disponíveis.

4. Análise dos recursos técnicos

Quais os recursos técnicos de instrumentos e vozes. Não é ideal utilizar, por exemplo, cânticos de nível 5 para recursos humanos de nível 2.

5. Atenção ao tema do evento

Durante uma ministração da Palavra, uma pregação, convém estar atento (a) ao contexto. Onde o ministro (ou pregador) deseja chegar. O alvo da Palavra e do Louvor devem ser os mesmos, antes, durante e depois, o objetivo é o mesmo.

Além disso, para escolher um bom repertório de louvores, é importante saber a classificação correta de cada um deles. Há louvores doutrinários, de glorificação, adoração e assim por diante.

Repertório de louvores de acordo com temas

Louvor

Canções que contém letras que expressam elogio e agradecimento à Deus pelos seus feitos.

Adoração

Canções de reconhecimento à Deus por aquilo que Ele é. São cânticos que revelam os atributos da pessoa de Deus (Seu caráter, Sua natureza e Suas qualidades).

Dentro do tema de adoração temos cânticos cujas letras que expressam Exaltação e Contemplação.

Exaltação

Cânticos com letras de engrandecimento da Pessoa de Deus (Seu caráter, Sua natureza e Suas qualidades).

Contemplação

São louvores letras se concentram em meditar (contemplar) a Pessoa de Deus (Seu caráter, Sua natureza e Suas qualidades).

Ainda dentro do tema de adoração podemos ter cânticos cujas letras tratem de Consagração, Adoração Profética, Confissão e Clamor.

Consagração

São cânticos cujas letras tratam da dedicação de nossas vidas a Deus, da nossa Santificação, etc.

Adoração profética

São cânticos cujas letras tratam da Volta de Cristo, seu reinado eterno, etc.

Confissão

São cânticos cujas letras tratam de arrependimento, reconhecimento do pecado, desejo de mudança de vida, etc.

Clamor

São cânticos cujas letras expressam súplicas a Deus, pedido de misericórdia, auxílio, etc.

 

 

Doutrinários

Uma das funções mais importante da música em qualquer cultura(sociedade) é de servir de apoio ao seu sistema de valores, sejam eles políticos, sociais ou religiosos.

Os cânticos classificados como doutrinários, são cânticos cujas letras expressam os nossos princípios e valores.

Alegria (Júbilo)

São cânticos cujas letras expressam alegria pelo Senhor, pelos Seus feitos, etc.

Expectativa

São cânticos cujas letras expressam esperança de ver a glória de Deus, o seu agir, etc.

Evangelização

São cânticos cujas letras tratam da Salvação em Cristo, do amor de Deus por nós, etc.

Serviço

São cânticos cujas letras tratam da importância de servir, tratam do chamado para trabalhar no Reino de Deus, etc.

Especiais

São cânticos cujas letras tratam de temas como casamento, ceias, batismos, etc.

Composto

São cânticos cujas letras contém em suas estrofes mais de um tipo de classificação. Por exemplo louvor e exaltação, ou expectativa e adoração, etc.

Assim, os ouvintes entenderão, através dos recursos do Louvor e da Palavra, aquilo que Deus tem a nos revelar.

Esperamos que com estas dicas você seja capaz de escolher um bom repertório de louvores!

Seja o primeiro a comentar

O que achou do artigo?